Crescer sem atalhos, isso leva tempo

Texto Base:

Estou convencido de que aquele que começou boa obra em vocês, vai completá-la até o dia de Cristo Jesus.

Filipenses 1:6

 

Introdução

Deus nos ama como somos, mas não quer nos deixar como estamos!

Romanos 12.1- 2 Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis o vosso corpo por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.

2. E não vos conformeis com este século, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.

Quando eu me permito ser convencido do pecado, da justiça e do juízo um grande processo é estabelecido na minha vida.

João 16.8 “Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo.”

—> hoje vejo as coisas com olhos diferentes – percepção

—> hoje eu não faço muita coisa que antigamente não fazia – ações

—> hoje eu não penso mais como pensava. – pensamentos

 Desenvolvimento

1. Deus espera que seus filhos cresçam e amadureçam1 Coríntios 3.1.2 Irmãos, não vos pude falar como a pessoas espirituais, mas como a pessoas carnais, como a crianças em Cristo.

O que vos dei para beber foi leite e não alimento sólido, pois não podíeis recebê-lo, nem ainda agora podeis.

Não existem atalhos para chegarmos à maturidade, atalho traz a conotação de um caminho diferente do normal.

Eclesiastes 3.1 Há um momento certo para tudo, um tempo para cada atividade debaixo do céu.

Grandes conquistas não se concretizam da noite para o dia, pois são construídas sobre grandes fundamentos, e fundamentos levam tempo para ficarem prontos!

—> igrejas saudáveis que avançam e permanecem

—> famílias estruturadas e equilibradas —>

maturidade ≠ perfeição

 

Envelhecer faz parte da vida, mas amadurecer é decisão. É possível ver jovens maduros e adultos imaturos.

Sinais que apontam para a necessidade de amadurecer:

—> instabilidade emocional

—> dificuldades em lidar com adversidades

—> dificuldades em assumir e lidar com seus erros

—> dificuldades para assumir responsabilidades

 

2. Deus espera que cada um de nós sejamos discípulos de Jesus.

Há uma grande diferença entre “conhecer” a Jesus e ser seu discípulo!

Melhor que apenas conhecer Jesus e ver seus milagres é ser discípulo.

O discipulado pressupõe desejo sincero de aprender e determinação para ser transformado.

Aluno ≠ discípulo

a) o aluno aprende, mas o discípulo se deixa transformar

b) o aluno participa de momentos, mas o discípulo tem acesso à intimidade. Salmos 25.14 A intimidade do Senhor é para os que o temem, aos quais ele dará a conhecer a sua aliança.

c) o aluno conhece o professor, mas o discípulo se parece com o mestre.

Quem nunca se perguntou: “E agora o que eu faço?”, quando a pergunta correta seria “nessa situação o que Jesus faria?”

 

3. O processo do discipulado não tem atalhos, requer tempo! Por quê?!

—> o aprendizado é algo que acontece com o tempo e durante o tempo

—> temos muito a desaprender, ser discípulo é aprender e desaprender;

—> raízes profundas não são arrancadas facilmente

—> eliminação e substituição de valores é trabalho duro que requer determinação

—> encarar a verdade sobre nós é algo doloroso, é como colocar o dedo na ferida

—> hábitos levam tempo para se desenvolver

 

Conclusão

Jesus nos ama como somos, mas quer transformar nossas vidas.

Esse processo de transformação se dá através do discipulado.

A transformação gerada pelo discipulado trará consigo muitas bençãos e nos fará alcançar muitas vitórias, mas isso requer tempo!