Derrotando a tentação

Texto Base:

Não sobreveio a vocês tentação que não fosse comum aos homens. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele lhes providenciará um escape, para que o possam suportar.

1 Coríntios 10:13

 

Introdução

Estamos ainda falando sobre o tema “Ser discípulo de Jesus.” Esse é o nosso convite e desafio deste mês. Não tem como ser discípulo e parecido com Jesus se não passarmos por algumas situações que, com certeza, não gostaríamos de passar. Então por que passar? Moldar o nosso caráter. A palavra caráter significa “Imagem”. Imagem de Jesus em nós.

E uma das situações que temos que passar é a tal da tentação. Enquanto estivermos aqui seremos tentados pela nossa carne, pelo mundo e pelo inimigo das nossas vidas.

A bíblia diz que “em tudo” Jesus foi tentado, porém não pecou.

Aqui eu aprendo que ser tentado não é um pecado cometido, mas se eu permitir ser levado pela tentação, eu posso pecar.

Então: “Sempre há uma saída”.

“Não vos sobreveio nenhuma tentação, senão humana; mas fiel é Deus, o qual não deixará que sejais tentados acima do que podeis resistir, antes com a tentação dará também o meio de saída, para que a possais suportar”. (I Coríntios 10.13; ARA).

Desenvolvimento

Hoje pela manhã aprendemos como funciona a tentação: O inimigo identifica um desejo que pode te levar ao pecado dentro de você (tudo começa com um pensamento); depois ele tenta colocar dúvida no seu coração (ele fez isso com Eva e Adão); depois ele vem com o engano (nada vai acontecer…) e por fim a desobediência.

Você acaba agindo de acordo com a ideia com que vinha brincando em sua mente. Nenhuma tentação é tão forte que não pode ser tolerada e vencida; temos que lembrar que o inimigo é o pai da mentira, e então, resistir às tentações mediante um relacionamento íntimo com Deus.

1. As fontes da tentação

– O mundo nos ofende, e ao mesmo tempo nos seduz e nos impele a sair para fora da igreja.

– A carne é o velho homem que incita as paixões da carne.

– O diabo diz – faça! É bom! Vai deixar ficar barato? Ninguém vai ver e ficar sabendo.

2. Quatro fundamentos bíblicos para você derrotar a tentação quando ela vier.

a) REDIRECIONE sua atenção para outra coisa

Você não vai encontrar na Bíblia instruções sobre “como resistir as tentações”. Somos orientados a resistir ao Diabo. Em vez disso, somos aconselhados a redirecionar nossa atenção, pois resistir a um pensamento não produz o resultado pretendido. Isso só aumenta a nossa concentração na coisa errada e fortalece a sedução.

Não combata o pensamento, apenas mude o canal de sua mente e concentre seu interesse em outra ideia. Esse é o primeiro passo para derrotar a tentação.

A batalha contra o pecado é ganha ou perdida na mente.

A tentação começa capturando sua atenção. E o que prende a atenção desperta emoções. As emoções estimulam seu comportamento e você age de acordo como o que sente.

Saia fisicamente de uma situação tentadora, fuja!

Siga o exemplo de Paulo:

“Mantemos cativo todo pensamento e, dominando-o, fazemos com que ele obedeça a Cristo.”II Coríntios 10.5

b) REVELE sua luta a um amigo spiritual

Não será necessário contar pra todo mundo, mas você precisa pelo menos de uma pessoa com quem possa abertamente compartilhar a sua luta. Não lute sozinho. A Bíblia diz:

“É melhor ter um amigo que ficar sozinho […] se você cai, seu amigo pode ajudá-lo a levantar-se. Mas se você cai sem ter um amigo por perto, está realmente em dificuldades.” Eclesiastes 4.9-10.

Precisamos da ajuda de pessoas. Algumas tentações são vencidas somente com o auxílio de alguém que ore por você, que o incentive e que o responsabilize por seus atos.

 

c) RESISTA ao Diabo

“Resistam ao Diabo, e ele fugirá de vocês.” Tiago 4.7

Não podemos ficar parados diante dos ataques do Diabo. Devemos contraatacar. Os cristãos são muitas vezes comparados a soldados que atuam em território inimigo. Mas, como podemos resistir ao Diabo?

Paulo explica:

“Revista-se da salvação como seu capacete e tomem a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus.”Efésios 6.17

O primeiro passo é aceitar a salvação de Deus, pois sem Cristo não temos defesa contra o Diabo, mas com o capacete da salvação nossa mente é protegida por Deus.

O segundo passo é usar a Palavra de Deus como arma contra Satanás. Há poder na Palavra de Deus e Satanás a teme. Basta lembrar o episódio em que Jesus foi tentado no deserto; ele simplesmente venceu a tentação citando as Escrituras.

 

d ) Esteja CIENTE de sua vulnerabilidade

Somos advertidos em nunca ficarmos arrogantes ou confiantes demais; essa é a receita para o desastre. O profeta Jeremias escreveu o seguinte:

“O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável…” Jeremias 17.9

Isso significa que somos bons em enganar a nós mesmos. Nas circunstâncias adequadas, qualquer um de nós é capaz de qualquer pecado. A verdade é que não devemos baixar a guarda e imaginar que somos imunes à tentação.

Todos nós precisamos estar cientes de que somos vulneráveis. Não se ponha por descuido em situações que atraiam tentações. Por favor, evite essas situações. Lembre-se de que é mais fácil manter-se fora das tentações do que sair delas.

A Bíblia diz:

“Não sejam tão ingênuos e autoconfiantes. Vocês não são diferentes. Podem fracassar tão facilmente como qualquer um. Nada de confiar em vocês mesmos. Isso é inútil! Mantenham a confiança em Deus.”I Coríntios 10.12

CONCLUSÃO 

Estamos em uma batalha: a batalha para vencer as tentações! Então, que passos você precisa aprender e praticar para que seja capaz de derrotar a tentação?

Para derrotar a tentação…

1. REDIRECIONE sua atenção para outra coisa

2. REVELE sua luta a um amigo espiritual

3. RESISTA ao Diabo

4. Esteja CIENTE de sua vulnerabilidade

Não podemos descuidar. “Não se ponha por descuido em situações que lhe tragam tentações.