Esperança: Ato de esperar o que se deseja.

No Antigo e Novo Testamento, o termo procede de uma raiz cujo significado é “esperar”, “ter expectativa”, e “aguardar”. Diz respeito à pessoa que aguarda com fé e paciência a provisão ou a salvação do Senhor.

NO ANTIGO TESTAMENTO

Jacó ainda no Egito ao abençoar seus filhos, ele diz:

Ó Senhor,eu espero a Tua libertação. Gn,49:18

Davi era sedento por Deus: Mas agora, Senhor, que hei de esperar? Minha esperança está em Ti. Sl 39.7

Isaías o profeta que teve uma visão maravilhosa do Senhor num alto e sublime Trono: Mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam. Is 40.31.

A esperança dos profetas do AT, convergiam para o Filho de Deus.

NO NOVO TESTAMENTO

Já no novo testamento, toda a esperança também é depositada em Deus, na pessoa de Jesus. O Pai e Jesus são um!

 

A) Jesus Cristo é a Única Esperança para o homem em crise.

B) Ele liberta as pessoas por meio da verdade (Palavra), e do seu sangue.

C) Jesus dá uma nova vida aos homens violentos, para que sejam transformados em homens de paz.

D) Ele muda a vida do ladrão para torná-lo numa pessoa honesta.

 

Para todo tipo de transgressão ou de perversão humana, Ele é o Salvador que converte o homem numa nova pessoa segundo o Seu caráter.

O fato é que todo aquele que nele crê e o segue, é revestido de uma nova vida oferecida por meio da Sua graça e misericórdia.

Jesus Cristo é a nossa Única Esperança, porque Ele é o caminho de volta para Deus. Somos, pois, convidados por Ele a fazermos parte do Reino de Deus na terra (a igreja) e a construí-lo, eterno, no céu.

Pedro escreve em I Pd.1:3-4Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo! Conforme a sua grande misericórdia, ele nos regenerou para uma esperança viva, por meio da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança que jamais poderá perecer, macular-se ou perder o seu valor. Herança guardada nos céus para vocês.

Você foi gerado para uma Viva esperança!

 

I. AS PRETENSAS ESPERANÇAS DESTA GERAÇÃO

1. Esperança nas riquezas – O homem pós-moderno tem posto sua esperança nas incertezas dos bens materiais. Todavia, mais cedo ou mais tarde, acaba se deparando com problemas que não podem ser resolvidos através das riquezas; e assim, perde o sossego e a paz.

Por isso, o apóstolo Paulo admoesta taxativamente os cristãos ricos: “Não ponham a esperança na incerteza das riquezas, mas em Deus” (1 Tm 6.17).

 

2. Esperança na fraternidade humana. De fato, esses valores são elogiáveis e necessários a qualquer civilização. Os homens devem buscar esse ideal, assim como o faz a Igreja de Cristo através do poder do Evangelho.

Porém, a esperança por uma sociedade mais justa e menos violenta, mais humana e menos individualista não pode ser sustentada na crença de que o homem por si mesmo seja capaz de criar um paraíso terrestre, como inutilmente crêem os humanistas.

O erro desses projetos está em colocar o homem como o centro de todas as coisas, em vez de sujeitá-lo a Deus, como o transformador da vida humana.

Diz a Bíblia: “Bendito o varão que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor” (Jr 1 7.7).

 

3. Esperança no desenvolvimento sustentável.

Quando o homem conserva e administra os recursos naturais, está obedecendo a um mandamento divino (Gn 1.28-30).

Nós, cristãos, compreendemos e aceitamos nossas responsabilidades pessoais e coletivas quanto ao cuidado que devemos ter com o Planeta. Todavia, tudo isso entendemos como um mandamento divino, e não como nossa única esperança. Nossa verdadeira esperança está em Cristo, que em breve redimirá, não apenas os filhos de Deus, mas toda a Criação (Rm 8.19-23).

A geração pós-moderna firma, em vão, suas esperanças nas riquezas, na fraternidade humana e no desenvolvimento sustentável.

 

II. CRISTO, ESPERANÇA DESTA GERAÇÃO

Nossa geração vem sofrendo com a ansiedade, medo, depressão, consumismo, ambição, angústia, culto ao corpo, drogas, inversão de valores e mundanismo.

1. Em Cristo está a libertação do pecado (Jo 8.32,36).

2. Em Cristo está a libertação das doenças da alma. o enfermo, ele oferece:

a) Aívio para o oprimido e cansado;

b) Paz para o ansioso e angustiado;

c) Contentamento para o consumista;

d) Esperança para os desafortunados;

3. Em Cristo está a esperança para esta geração.

Em quem confiar? Em que porto deve o homem ancorar suas esperanças?

 

Jesus Cristo, Deus único e Salvador, Todo-Poderoso. Ele é o “Deus de esperança” que nos enche “de todo gozo e paz em crença, para que abundeis em esperança pela virtude do Espírito Santo”. O evangelho que pregamos é a anunciação da esperança, em Cristo, para uma geração em desespero.

desde que continuem alicerçados e firmes na fé, sem se afastarem da esperança do evangelho, que vocês ouviram e que tem sido proclamado a todos os que estão debaixo do céu. Esse é o evangelho do qual eu, Paulo, me tornei ministro. Cl.1:23

 

Em Cristo está a libertação do pecado, das doenças da alma e a esperança desta geração.

Apeguemo-nos com firmeza à esperança que professamos, pois aquele que prometeu é fiel. Hebreus 10:23

Não vire o ano sem Jesus!