“Então se lembrou José dos sonhos que tivera a respeito deles…”
Que sonhos são esses?

José era um jovem sonhador, aos 17 anos, amado por Israel (Jacó) mais do que todos os outros filhos, porque era o filho da velhice, filho de Raquel, a preferida, e irmão de Benjamim e mais dez irmãos e uma irmã.

Ganhou de presente de seu pai uma túnica colorida, que o destacava entre os demais e por isso seus irmãos o odiavam ainda mais.

Sonhou José um sonho e contou a seus irmãos. Sonhou que estavam atando molhos no meio do campo e o seu molho se levantava e também ficava em pé e os outros molhos o rodeavam e se inclinavam diante do seu molho. Então disseram: Você terá domínio sobre nós? E o odiavam ainda mais.

E sonhou outro sonho e o contou a seus irmãos. E eis que o sol e a lua e onze estrelas se inclinavam a mim. Ao que seu pai perguntou: Que sonho é esse que tivestes? Viremos eu, a tua mãe e teus irmãos a inclinar-nos perante ti em terra? E os seus irmãos o invejavam ainda mais. As condições para eliminá-lo estavam expostas, faltava só a oportunidade.

Um certo dia, Israel, seu pai o enviou para saber como estavam seus irmãos no campo. Cap. 37.14 “Vai, e vê como estão seus irmãos e como está o rebanho e traze- me resposta.” José, era como um gerente ou encarregado e era sempre ele que dava conta ou trazia notícias de seus irmãos no campo. No cap 37.2 diz que José trazia uma má fama deles a seu pai e com certeza isso alimentava a raiva dos seus irmãos por ele. Quando os achou em Dotã, o viram de longe e conspiraram entre eles dizendo: Lá vem o sonhador- mor! O grande sonhador! Vamos matá-lo e veremos o que será dos seus sonhos.


O sonho é alvo de ataque para os outros. Não desista deles se são de Deus

Quantas vezes nos deparamos com pessoas, familiares, amigos de trabalho que zombam daqueles que tem um sonho que dirige suas vidas?

Geralmente, um sonho é algo que projeta, que traz consigo uma grande expectativa, superior ao que alguém podia imaginar e isso incomoda a muitos, principalmente por ter sido revelado pelo filho mais novo e não o primogênito. Era como passar à frente de seus irmãos e foi então que projetaram matá-lo. Pense!

  • Eles conspiraram matar e jogar José numa cisterna por inveja;
  • Eles mandaram José para uma terra distante;
  • Eles venderam José como escravo, sem piedade;
  • Eles mentiram e fizeram seu velho pai sofrer a sua morte;
  • Eles fizeram muito mal a José e eles tem uma mente diabólica.
  • Eles são seus irmãos. Imagina que loucura! Uma pessoa que passou por tudo isso tem todos os motivos do mundo para ser revoltado, obcecado por vingança, depressivo ou sofrer de algum tipo de distúrbio. Mas, José tinha uma fé inabalável e não abriu mão de realizar seus sonhos. Aliás, a fé e a realidade de um sonho em sua vida era o que o sustentava. Portanto, nunca abandone sua fé e nunca pare de sonhar. José tinha tudo para dar errado aos olhos humanos, mas tudo que fazia prosperava e uma expressão citada 4 vezes nos textos, salta aos nossos olhos e revela seu destino: “Porque o Senhor era com ele.” Aplicação: Quando entendemos que o Senhor é conosco, o mundo pode até cair ao nosso redor, podem até tentar destruir os nossos sonhos, mas a nossa fé não será abalada porque aquilo em que nós cremos é sustentado por quem nós cremos e podemos ter a certeza de que a fé nEle realizará o sonho. O Senhor nos garante e poderemos testemunhar como Paulo a Timóteo: “Eu sei em quem tenho crido e estou bem certo de que é poderoso pra guardar o meu depósito até àquele dia! 2Tm 1.12. 2 Todo sonho é uma luta, é uma exposição, é algo surpreendente a realizar Ninguém sonha com algo que pode realizar com facilidade, realizar com facilidade é um desejo e não um sonho. Um sonho exige algo mais, um esforço maior, passar por provações, lutas, tempestades, sofrimentos, decepções, muitas vezes traições e tantas outras dificuldades que virão como que tendo o objetivo de demover você do seu sonho, de tirar você do caminho da realização. Um sonho leva tempo para sua realização, no caso de José levou 13 anos! Imagina! Todo esse tempo e nada! Dá ou não dá vontade de desistir? José não desistiu e permaneceu fiel aos seus princípios de integridade, caráter e fé em Deus e por causa dessas qualidades sofreu ainda mais, foi preso injustamente e esquecido na prisão. Mas, sua fé não foi abalada e seus sonhos continuaram vivos. Servir a Deus nunca foi sinônimo de intocabilidade. Muito pelo contrário. Quanto mais nos aproximamos de Deus, mais estamos expostos a provações que colocarão em xeque tudo aquilo em que nós cremos. Mas, um servo fiel permanecerá firme e esperançoso de que seu tempo chegará. Afinal, Deus continua no controle de todas as coisas.
  • E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto. Rm 8:28
  • E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência; e a paciência, a experiência; e a experiência, a esperança. Romanos 5:3,4 A realização de um sonho não vem de graça, exige muito esforço, perseverança e resiliência, sabendo que, aquele que nos fez sonhar também cumprirá.

Todas as pessoas que realizaram grandes coisas na Bíblia passaram por grandes lutas. Mas, a fé em Deus os motivou a perseverar mesmo em meio as crises. Portanto, acredite! Hoje, estamos enfrentando as maiores crises que a humanidade já se deparou. Muitos estão vivendo um pesadelo por não terem esperança, mas os que creem em Deus tem a certeza de que não morrerão enquanto o Senhor não cumprir todos os sonhos que Ele sonhou pra nós. Fique firme! Aquele que te fez sonhar, realizará.

Uma fé que realiza sonhos vence desafios saindo da zona de conforto, ainda que forçado, para cumprimento da promessa de Deus.

Lembre-se de que quando você estiver na direção certa surgirão desafios e você terá de vencê-los, se desejar realizar seus sonhos. Você será forçosamente desafiado a constantemente sair de sua zona de conforto, mas não desanime! Os obstáculos servirão de encorajamento para aqueles que com fé não desistem de seus sonhos.

José superou os traumas do passado e se tornou um excelente administrador, porque o Senhor era com ele. Porque sempre foi coerente e correto ainda que lhe custasse uma prisão, como quando a mulher de Potifar o desejou e tramou contra ele após ser rejeitada. José tinha o temor do Senhor em seu coração e disto não abriu mão.

José teve seu sonho realizado porque venceu o teste do tempo. Ele perseverou mesmo depois de 13 anos entre o sonho e a realização. Prosperou firme neste caminho onde muitos teriam falhado criando atalhos e forçando a passagem para que se seu sonho se realizasse logo para que, então, pudessem dizer que tinha razão.

José se lembrou da promessa de Deus a Abraão e ao invés de se vingar, perdoou e trouxe para perto de si seus irmãos e sua família.

Deus espera de nós a mesma atitude de perdoar. Quando perdoamos são apagados uma infinidade de pecados, saímos da nossa zona de conforto e promovemos a reconciliação. Despertamos a fé que há em nós e nos preparamos para experimentar o sobrenatural de Deus. Então, perdoe!

Existe alguém que você precisa perdoar para abrir caminho para a realização dos seus sonhos e o tempo de agir é hoje! Não adianta chorar sobre um caixa de madeira dizendo: Tá doendo muito…! Se eu soubesse…! Se tivesse mais tempo…!

Uma fé que realiza sonhos até depois de morto.

E disse José a seus irmãos: Eu morro, mas Deus certamente vos visitará e vos fará subir desta terra para a terra que jurou a Abraão, a Isaque e a Jacó. 25. E José fez jurar os filhos de Israel, dizendo: Certamente, vos visitará Deus, e fareis transportar os meus ossos daqui. Gênesis 50:24,25

Uma fé que realiza sonhos se perpetua através do tempo. Certamente Deus os visitou e esta palavra se cumpriu em êxodo 13.19

E tomou Moisés os ossos de José consigo, porquanto havia este estritamente ajuramentado aos filhos de Israel, dizendo: Certamente Deus vos visitará; fazei, pois, subir daqui os meus ossos convosco. Êxodo 13:19

Sabe irmãos, não tem como conhecer a história de José e não perceber a mão de Deus por trás de tudo. Como é maravilhoso perceber que Deus está no controle, mesmo na adversidade e não é só uma expressão, mas uma realidade que só pode ser vista pelos olhos da fé. Somente quem experimenta dessa fé realiza sonhos e até depois de morto ainda fala. Pela fé, José foi um protagonista da história da redenção, um preso que libertou um povo e não uma vítima do sistema. Precisamos entender os tempos e nos submeter e Ele agirá, porque Ele não falha!

Deus que fazer de nós um instrumento para salvação de vidas, mas para isso precisamos vencer todos os obstáculos dessa carreira e perseverar pela fé na certeza de que por fim ele realizará tudo que sonhou para nós. Não desanime! Não pare de lutar, os sonhos de Deus jamais vão morrer, não pare de adorar, levanta seus olhos e veja que Deus está restaurando seus sonhos para fazer de você um canal de bênção para sua família, para sua igreja, para sua cidade, para sua nação.

José, uma fé que realiza sonhos. José era o governador do Egito; ele vendia a todo o povo da terra; e os irmãos de José vieram e inclinaram-se diante dele com a face em terra.

“Então se lembrou José dos sonhos que tivera a respeito deles…”

  • Deus nunca abandonou José como também nunca abandonará você! Não desista da sua fé e os inimigos dos seus sonhos terão que se curvar.
  • Por causa de sua fé, os sonhos de José se realizaram. E mais, os propósitos de Deus de salvar o seu povo da fome em Canaã e levá-los para o Egito para um conserto familiar e ao mesmo tempo preparar o caminho para esse povo se tornar uma grande nação dentro do Egito até Deus levantar outro libertador, Moisés, para retirá-los de uma forma poderosa da escravidão no Egito e sair em direção a terra prometida.
  • Os sonhos de Deus são maiores que os nossos.