Introdução

 

Mentira é uma fala não aderente à verdade.

Religição é algo bom ou ruim?!

sentido denotativo – latim “religare” – ligar novamente. Tiago 1:27. “A religição pura e sem mácula para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo.”

sentido conotativo – o religioso é aquele cuja vida não representa o que ele dizer, ele está diante das pessoas e de Deus!

A “gênesis” da mentira

  1. Há mentiras que nasceram a partir do desconhecimento pleno da verdade. “A terra é quadrada!”
  1. Há mentiras que nascem para ocultar ou desvirtuar a verdade.
  1. Há mentiras que nasceram para validar outras mentiras

O pai da mentira. João 8:44b “Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.”

Toda mentira traz consigo um potencial ofensivo!

A maior de todas as mentiras é aquela que nos afastea de Deus e tenta nos impedir de ter um relacionamento saudável com Ele!

Os cristãos de BeréiaAtos dos Apóstolos 17.11 “Ora, estes de Bereia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas era, de fato, assim.”

Que sejamos ávidos pela verdade! Ávido é aquele que deseja com ardor!

Exposição

 

→ Se eu for uma pessoa boa, estou blindado contra as coisas ruins! Salmos 34:19 “Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor de todas o livra.”

→ Apenas coisas ruins acontecem a pessoas ruins! Salmos 37:1 “Não te indignes por causa dos malfeitores, nem tenhas inveja dos que praticam a iniquidade.”

→ Reciprocidadde versus misericórdia – Você realmente acredita que todas as coisas boas que tem e viveu são por causa do seu merecimento?!

→ Tudo que acontece comigo é fruto do meu esforço!

A abrangência deste salmo: passado, presente, futuro, lembranças, dor, esperança…

Salmos 42:1

Assim como a corça suspira pelas correntes das águas, assim, por ti, ó Deus, suspira a minha alma. A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando irei e me apresentarei diante da face de Deus? As minhas lágrimas têm sido o meu alimento dia e noite, enquanto me dizem continuamente: “E o seu Deus, onde está?” Lembro-me destas coisas — e dentro de mim se derrama a minha alma —, de como eu passava com a multidão de povo e os guiava em procissão à Casa de Deus, entre gritos de alegria e louvor, multidão em festa. Por que você está abatida, ó minha alma? Por que se perturba dentro de mim? Espere em Deus, pois ainda o louvarei, a ele, meu auxílio e Deus meu.”

1 – Todos passam por dificuldades, nem sempre as mesmas dificuldades!

 

→ “eu pensei que vindo para a igreja não teria mais dificuldades.” Essa é a mentira que alto potencial ofensivo. João 16:33 “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, tereis aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.”

→ o salmista estava vivendo dias de dificuldades

→ Paulo – 2 Coríntos 11:24-27 “Cinco vezes recebi dos judeus quarenta açoites menos um. Três vezes fui açoitado com varas. Uma vez fui apedrejado. Três vezes naufraguei. Fiquei uma noite e um dia boiando em alto mar. Em viagens, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de assaltantes, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos; em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez.”

→ a proposta/promessa de Jesus nunca foi nos poupar das dificuldades, mas nos amparar e nos auxiliar nestes momentos – Salmos 40:1-3 “Esperei com paciência pelo Senhor; ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro. Tirou-me de um poço de perdição, de um atoleiro de lama; colocou os meus pés sobre uma rocha e firmou os meus passos. E me pôs nos lábios um cântico novo, um hino de louvor ao nosso Deus. Muitos verão essas coisas, temerão e confiarão no Senhor.”

Conclusões erradas em momentos da dificuldade:

  1. Deus me abandonou, Deus não me ama
  1. essa dificuldade será o meu fim

 

2 – A fonte maior de todas as dificuldades é o pecado, ou seja, o erro!

 

Gênesis 3:1-5 “Mas a serpente, mais astuta que todos os animais selvagens que o Senhor Deus tinha feito, disse à mulher: — É verdade que Deus disse: “Não comam do fruto de nenhuma árvore do jardim”? A mulher respondeu à serpente: — Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: “Vocês não devem comer dele, nem tocar nele, para que não venham a morrer.” Então a serpente disse à mulher: — É certo que vocês não morrerão. Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerem, os olhos de vocês se abrirão e, como Deus, vocês serão conhecedores do bem e do mal.”

  1. o pecado trouxe maldição para a serpente
  1. o pecado fez com que as dores de parto fossem multiplicadas
  1. o pecado gerou fadigas para o homem para que ele sobrevivesse

→ entenda pecado como o erro cometido ou bem não efetivado – Tiago 4:17 “Portanto, aquele que sabe que deve fazer o bem e não o faz nisso está pecando.”

3 – O produto das dificuldades

 

  1. proximidade – em momentos de dificuldade alguns se aproximam mais de Deus – Salmos 119:71 “Foi-me bom ter eu passado pela aflição , para que aprendesse os teus decretos.”
  1. distância – em momentos de dificuldade alguns se afastam mais de Deus

 

Conclusão

 

→ Os erros que conduziram o filho pródigo às dificuldades – Lucas 15:11

  1. não valorizar o que tinha e vivia – ingratidão
  1. decidir sobre coisas sérias sem o devido zelo – impulsividade
  1. viver o hoje sem se preocupar com o amanhã – imaturidade

→ Atitudes práticas que conduziram o filho pródigo a vencer as dificuldades

  1. caiu em si – teve clareza do seu estado – lucidez
  1. decidiu voltar – refaça o caminho
  1. arrependeu-se – assuma o erro – coragem
  1. humilhou-se

2 Crônicas 7:14 “Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra.”