Durante o mês de Junho, estamos falando sobre um tema muito interessate que tem como objetivo os ensinar não somente o caráter de Jesus, mas seu comportamento diante de circunstâncias que geralmente nos deparamos e por vezes nos comportamos de uma maneira que se fosse Jesus em nosso lugar, Ele desfaria nossas atitudes.


O encontro de Jesus com Simão; A attitude de adoração de uma mulher ao derramar bálsamo na cabeça de Jesus;
A indignação dos discípulos.

1) JESUS DESFAZ A HIPOCRISIA DOS DISCÍPULOS

Jesus não trabalha com a ação propriamente dita, Ele trabalho com a intenção que leva a ação.


Um hipócrita era um tipo de ator nas peças gregas antigas. Eles usava máscaras e durante as apresentações fingiam ser outras pessoas. E o que eles faziam no palco era uma “hipocrisia”, termo que vem de uma palavra grega que significa “fingimento”. A palavra hipócrita incluía qualquer um que pretendesse ser o que não era.


2) QUAL A MOTIVAÇÃO DA HIPOCRISIA?


O amar-se acima de Deus.

O Senhor sempre rejeitou o culto e a devoção dos hipócritas, aqueles que estão mais preocupados em agradar e glorificar a si mesmos do que a Deus. Em Isaías 1:15, tal era a indignação de Deus contra a hipocrisia do seu povo, que Ele diz: “Por isso, quando estendeis as vossas mãos, escondo de vós os meus olhos; e ainda que multipliqueis as vossas orações, não as ouvirei…”.

3) COMO EU VENÇO A HIPOCRISIA? ME AJUDE A PARAR DE FINGIR, DE SER DE FATO QUEM EU SOU.


“aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou”. I João 2.6


O apóstolo João usou o verbo andar diversas vezes em suas três cartas que escreveu para sua igreja com o propósito de ensinar como suas ovelhas deveriam andar e não serem hipócritas. João mesmo foi um dos discípulos que estava naquele dia que a mulher derramou o bálsamo nos cabelos de Jesus. Ele andou com Jesus e aprendeu a não ser hipócrita e ter uma espiritualidade saldável.


A) PRECISAMOS APRENDER A ANDAR NA LUZ


I João 1.6,7
“Se dissermos que mantemos comunhão com ele e andarmos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade. Se, porém, andarmos na luz, como ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado”.


Um dos maiores testemunhos que um cristão pode dar é o perdão ao seu próximo e não julgá-lo, porque “aquele, porém, que odeia a seu irmão está nas trevas, e anda nas trevas, e não sabe para onde vai, porque as trevas lhe cegaram os olhos” (I João 2.11).


Não perca a oportunidade de adorar a Deus, observando a forma que outras pessoas adoram.


B) PRECISAMOS APRENDER A ANDAR EM AMOR:


II João 1.6 “E o amor é este: que andemos segundo os seus mandamentos. Este mandamento, como ouvistes desde o princípio, é que andeis nesse
amor”.

Na segunda carta pastoral, João ensina que devemos andar em amor. O apóstolo já tinha ensinado o amor aosseus discípulos e agora os lembra “não como se escrevesse mandamento novo, senão o que tivemos desde o princípio: que nos amemos uns aos outros” (I João 1.5).

Somos hipócritas quando dizemos que amamos, mas queremos distâncias de certas pessoas. O pior, nem cumprimentamos ou fingimos que não vimos.

C) PRECISAMOS APRENDER A ANDAR NA VERDADE:


III João 1.3,4 “Pois fiquei sobremodo alegre pela vinda de irmãos e pelo seu testemunho da tua verdade, como tu andas na verdade. Não tenho maior alegria do que esta, a de ouvir que meus filhos andam na verdade”.

Em sua terceira carta pastoral, o apóstolo João enfatiza a necessidade de andar na verdade. Este é um motivo de alegria para o apóstolo que declara três vezes que ficou “sobremodo alegre em ter encontrado dentre os teus filhos os que andam na verdade” (II João 1.4).


Andar na verdade é não se conformar com este mundo de enganos (Romanos 12.2). Como filhos de Deus, somos libertos pela verdade (João 8.32) e não podemos acreditar no “pai da mentira” (João 8.44).

Andar com Jesus é possível se você pensar antes de cada decisão: ‘se Jesus estivesse aqui, o que Ele faria? Ou o que Ele desfaria?

Hipocrisia é fingir, é falsificar os verdadeiros sentimentos e pensamentos.

Salmo 32:2 – Como é feliz aquele a quem o Senhor não atribui culpa e em quem não há hipocrisia!