Lucas 7:24-28

“Depois que os mensageiros de João foram embora, Jesus
começou a falar a multidão a respeito de João: “O que vocês foram ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? Ou, o que foram ver? Um
homem vestido de roupas finas? Ora, os que vestem roupas esplêndidas e se entregam ao luxo estado nos palacios. 26 Afinal, o que foram ver? Um profeta? Sim, eu lhes digo, e mais que profeta. 27 Este é aquele a respeito de quem
esta escrito: ‘Enviarei o meu mensageiro a tua frente; ele preparará o teu caminho diante de ti’. Eu Ihes digo que entre os que nasceram de mulher não ha ninguém maior do que Joao; todavia, o menor no Reino de Deus é maior do que ele”.

Introdução

Cada série tem 0 objetivo de trazer conhecimento de Deus, gerar maturidade crista e transformação de vida. Esta série nado é um convite a desocupação e ao abandono de nossas responsabilidades.

Palavra-chave – equilibrio,

 

O que é ser uma pessoa ocupada?

→ Que tem muito trabalho; atarefado, assoberbado, sobrecarregado. → a frase “estou em uma correria só” está sempre sendo repetida.

Há uma diferença entre pessoas ocupadas e pessoas produtivas!

Pessoas ocupadas………………………………Pessoas Produtivas

Agem sem pensar…………………………………….Pensam antes de agir

Executam várias tarefas……………………………Executam uma tarefa por vez

Lotam sua agenda……………………………………Guardam tempo para reflexão e planejamento

Facilmente estão exaustas………………………..Mantém bons níveis de energia

Sejamos sinceros e façamos uma análise! Somos ocupados ou produtivos

Com o que temos nos ocupado?

  • família;
  • trabalho;
  • projetos pessoais

Essas são ocupações justas e positivas

Alguns ocupam demais seu coração com ocupações negativas

  • o medo: “No amor não existe medo; pelo contrário, o amor perfeito lança fora todo o medo” 1 João 4.18b
  • a ansiedade: “Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quando ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quando ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento e o corpo, mais do que as vestes?” Mateus 6:25
  • raiva/ira:Deixe a ira, abandone o furor; não se irrite; certamente isso acabará mal. Porque os malfeitores serão exterminados, mas os que esperam no Senhor possuirão a terra.Salmos 37:8-9.
  • a falta de fé: “De fato, sem fé é impossível agradar a Deus, porquanto é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que se torna galardoador dos que O buscam.” Hebreus 11:6

Via de regra, quem corre está com pressa, a pressa é determinada pela urgência, e a urgência às vezes tem a ver com falta de planejamento!

Uma vida desorganizada traz consequências

  • ações sem excelência;
  • prioridades desordenadas;
  • perdas

Todos nós temos limites, e o inimigo quer que estejamos acima dos limites. Quando nos ocupamos acima dos nossos limites as consequências chegam mais cedo ou mais tarde, sejam consequências orgânicas ou psicológicas.

  • sentimento de recriminação ou auto-acusação: falhamos em algo ou com alguém que nos é importante
  • sentimento de impotência: por não conseguir os resultados planejados devido à sobrecarga.

A questão não é estar ocupado, e sim, ocupado demais!

Exposição

João batista é exemplo de alguém que organizou sua vida sobre princípios.

Princípio de identificação

Precisamos saber qual a nossa identidade.

“Disseram-lhe, então: — Diga quem é você, para podermos dar uma resposta aqueles que nos enviaram. O que é que você diz a respeito de si mesmo? 23 Então ele respondeu: — Eu sou ‘a voz do que clama no deserto: Endireitem o caminho do Senhor’, como disse o profeta Isaías.” João 1:22

A Bíblia nos identifica como:

  • Pecadores. “pois todos pecaram e carecem da gloria de Deus”, Romanos 3.23
  • Amados de Deus. Joao 3.16
  • Falíveis.Porque não faço o bem que eu quero, mas o mal que não quero, esse fago.Romanos 7.19

 

O princípio da identidade tem a ver conhecimento da verdade.

Precisamos saber nossa verdadeira identidade para não sermos confundidos ou enganados pelas pessoas e situações.

Princípio da direção

Precisamos saber em qual direção e caminho devemos andar.

“Convém que Ele cresça e eu diminua”. João 3:30

  • Humildade.Tomem sobre vocês o meu jugo e
    aprendam de mim, porque sou manso e humilde de coração; e vocês acharão descanso para a sua alma.”
    Mateus 11.29
  • Dependência. “— porque sem mim vocês não podem fazer nada.” João 15.5b

Princípio da missão

Precisamos saber o que Deus espera de nós.

“Naqueles dias surgiu Jodo Batista, pregando no deserto da Judéia. Ele dizia: ‘Arrependam-se porque o Reino dos céus está próximo’.” Mateus 3:1

Assim como João Batista cada um de nós tem uma missão.

  • Bom testemunho: Mas receberão poder quando o Espirito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra”. Atos dos Apóstolos 1.8
  • Cuidado: “E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu proximo como a si mesmo.’ Mateus 22.39

Conclusão

Devemos organizar nossa vida de acordo com a palavra.